paula.jpeg

PAULA FERNANDES | PRODUÇÃO

É responsável pela Produção desde novembro de 2021. Com vasta experiência em produção teatral, trabalhou com diversas companhias, entre as quais se destacam o TEC e os Primeiros Sintomas.

 

Iniciou atividade em 2000, após estágio profissional de produção de espetáculos, com a FC Produções Teatrais (Filipe Crawford) no Teatro Casa da Comédia, onde produziu, até final de 2008, diversos espetáculos, workshops e várias edições do Festival Internacional de Máscaras e Comediantes. Mais tarde, assumiu também a gestão administrativa desta companhia.
 

Posteriormente colaborou, ao longo de diversos anos, com a Primeiros Sintomas, onde foi responsável pela produção e gestão administrativa e financeira da companhia. Em simultâneo,
durante o ano de 2019, exerceu funções para o TEC – Teatro Experimental de Cascais na área de produção e comunicação. Sendo, até à data, responsável pela manutenção e inserção de
conteúdos no website que lhes criou (www.tecascais.com).


Cooperou como produtora executiva no projeto editorial do Teatro Nacional D. Maria II e deu assistência às atividades atribuídas à Direção de Documentação e Património.
Em teatro, produziu ainda projetos para as seguintes entidades: Propositário Azul, Gato que Ladra e Teatro da Trindade.


Produziu a curta-metragem “Blind Runner – an Artist under Surveillance” do realizador Luís Alves de Matos, apresentada no Doclisboa 2007.


Trabalhou com vários encenadores, entre os quais, António Mortágua, Bruno Bravo, CarlosAvilez, Filipe Crawford, Gonçalo Am orim, Hugo Sovelas, José Caldas, José Mateus, Maria João
Miguel, Nuno Pino Custódio, Rodrigo Aleixo, Rui Mendes, Rute Rocha e Sandra Faleiro.

Desde novembro de 2021 que assume a Produção da Companhia Cepa Torta.

 

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Youtube Icon