• Companhia Cepa Torta

Já é conhecida a vencedora deste ano do Prémio Nova Dramaturgia de Autoria Feminina!

A vencedora da 2ª edição foi Maria Giulia Pinheiro, com o texto Isso não é relevante.


Patrícia Portela, membro do Júri da 2ª Edição do Prémio Nova Dramaturgia Feminina, juntamente com Joana Craveiro e Francisco Frazão descreve o texto:

"Isso não é relevante" como um convite a ouvir o que pensamos e não conseguimos dizer. Ou a dizer o que não pensamos mas estamos a fazer. Escrito num protocolo muito próprio que oscila entre o subtexto e o lugar-comum, a velocidade e a dúvida, este texto desconcertante obriga-nos a fazer sentido do que não percebemos e a reparar no absurdo de certas convicções que todos partilhamos, aqui e ali, nos momentos mais inconvenientes. Começando numa simples mesa de um restaurante ou de um café, reclamando de uma voz que se encontrou na sopa como quem encontra um cabelo sujo numa ideia brilhante, as personagens expõem as suas ansiedades, e tentam ocupar os (não) lugares que não lhes pertencem, a sua vontade de mudança, as suas inibições, as suas ideias feitas.

As candidaturas estiveram abertas entre 1 de Janeiro e 31 de Março de 2022, tendo sido escolhidas 3 autoras finalistas seleccionadas entre mais de 120 textos, que tiveram a oportunidade de discutir e trabalhar as obras apresentadas com o acompanhamento de um dos elementos do júri. A vencedora Maria Giulia Pinheiro teve o acompanhamento de Patrícia Portela.


27 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Youtube Icon