Re.
Começar

Recomeçar. Após uma tempestade.

Agora mais que nunca o trabalho expressivo é um veículo essencial através do qual as crianças podem redescobrir o sentimento de voltar a estar em coletivo, depois de tanto tempo isolados em pequenas bolhas devido à pandemia. A atividade do Rebento tem-se debruçado ultimamente na criação de trabalho artístico que adereça exatamente esta questão de recomeçar após uma tempestade. De repensar o futuro, em conjunto.

O Re.começar leva a arte do teatro às escolas, introduzindo-a como elemento de desenvolvimento pessoal. 

 

Inclui uma abordagem holística de construção do ser humano através da educação artística imbuída de uma forte componente de consciencialização social e de cultivo do pensamento crítico.

Várias instituições juntaram-se a este projeto, em diferentes enquadramentos: Junta de Freguesia de Marvila, Câmara Municipal de Lisboa, Instituto de Apoio à Criança, Centro Maximiliano Kolbe e várias escolas dos Olivais, Marvila e Beato - instituições que, em parceria com os Cepa Torta, tornam este projeto uma realidade

  • 13 Escolas/Instituições

  • 32 Grupos/Turmas

  • 688 participantes

Ficha Técnica

Coordenação

Miguel Maia

 

Supervisão psico-pedagógica

Maria João Valgôde

 

Artistas-formadores

Sofia Ângelo

Haroldo Costa Ferrari

Nuno Bernardo

José Mateus

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Youtube Icon