top of page
banner site vagabundas_sem info.png
VAGABUNDAS
Residência Artística '23 
teatro e performance


1ª edição - Candidaturas abertas até 28 fev '23 

VAGABUNDAS é uma residência artística de criação que tem como objetivo promover a criação artística no feminino e na interseção com o desenvolvimento de trabalho artístico descentralizado em particular em comunidades com problemas de desenvolvimento e desertificação.

Com uma periodicidade anual, esta residência inspira-se na história de Mercedes Blasco, um dos muitos pseudónimos de Conceição Vitória Marques, e no nome da sua obra literária mais conhecida “Vagabunda”, um diário de memórias da mulher e da artista. Reconhecer a sua importância e tê-la como inspiração é reforçar a sua existência, o seu legado e dar a relevância política que, em vida, Mercedes não teve. 

 

Inspiramo-nos na sua história para criar VAGABUNDAS, residência artística de criação para mulheres portuguesas. Fazê-lo no interior, na aldeia natal de Mercedes, na Mina de S. Domingos (Mértola), é afirmar a necessidade de uma criação mais descentralizada, sustentável e verdadeiramente acessível e participada.

DESTINATÁRIAS

Artistas das áreas do teatro ou performance, de nacionalidade portuguesa que se identifiquem com o género feminino (cisgénero ou transgénero).

O QUE OFERECEMOS

  • Residência artística de criação, investigação e pesquisa com a duração de 1 mês para duas artistas selecionadas através de open call;

  • Bolsa de criação no valor de 1000€ (mil euros), para cada artista;

  • Espaço de trabalho na Mina de S. Domingos;

  • Alojamento para o período de residência;

  • Ajuda de custo para deslocações (1 viagem de ida e volta do seu local de residência para a Mina de S. Domingo) e alimentação para o período da residência;

 

CALENDARIZAÇÃO

  • A calendarização do projeto é composta por duas fases, durante o mês de abril na Mina de S. Domingos (Mértola) e no mês de outubro em Lisboa:

  • As artistas que se candidatam devem ter disponibilidade participar nas actividades:

    • Residência artística de 1 a 30 de Abril 2023 na Mina de s. Domingos, Mértola;

    • Sessão aberta ao público dia 29 de Abril 2023 na Mina de S. Domingos, Mértola;

    • Sessão aberta ao público com as artistas Cláudia Lucas Chéu, Natália Luiza e Nádia Torres em formato DEBATE-CONFERÊNCIA sobre os temas abordados pelas artistas durante a residência no dia 14 de Outubro de 2023, no Teatro da Trindade, Lisboa;

    • Sessão aberta ao público sobre o trabalho desenvolvido em residência no Auditório da Biblioteca de Marvila (em data a definir entre 13 e 18 de Outubro 2023)

CANDIDATURA

  • As artistas candidatas deverão submeter a sua candidatura através de FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO juntamente com uma sinopse, memória descritiva do projecto, enquadramento nos objectivos e nota de percurso da artista;

  • O projecto a desenvolver deve inserir-se no contexto do teatro e artes performativas;

  • O projeto artístico a desenvolver em residência deve cruzar-se com os objetivos que levaram a Companhia Cepa Torta a criar esta residência e com algum dos temas relacionados.

 

PRAZO CANDIDATURA

28 de fevereiro '23


LOGOS VAGABUNDAS.jpg
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Youtube Icon
bottom of page